Arquivo mensal: abril 2013

Relato do parto

Olá pessoal!

Hoje trago a vocês o vídeo de relato do dia mais especial da minha vida: 8 de Fevereiro de 2013, quando meu Davi nasceu. Nele conto como tudo aconteceu, desde as semanas anteriores até a alta do hospital.. Me desculpem o fato de o vídeo estar sem edição, é que eu estava tendo problemas com o notebook e resolvi colocá-lo mesmo assim. Espero que gostem!

Agora, algumas fotos dos momentos mais especiais =)

Na sala de espera com meus pais.. Roupas lindas!

IMG_0980IMG_0982IMG_1002

Momento único!

Papai e Davi

Papai e Davi

Então é isso! Até o próximo post!

Beijos, Maria Elisa

Anúncios

Look do dia

Oi gente, tudo bem?

Uma coisa que eu adoro, gosto muito mesmo, é acompanhar blogs de moda e maquiagem. E quem também gosta, deve sempre ver o look do dia das blogueiras. Então resolvi fazer também.. com o Davi! São tantas roupinhas fofas que achei que seria uma boa idéia compartilhar com vocês. E vale também como registro pra mim mesma, já que, infelizmente, ele perde tudo muito rápido! Dá muita pena.. tem roupinha que ele usou 1, 2 vezes e já não serve mais.

Sempre que puder, vou creditar a marca/loja em que a roupa foi comprada, assim serve também como uma dica de compras pra vocês! Mas essa jardineirinha foi presente e, infelizmente, está sem etiqueta! Queria muito saber a marca, pois achei uma gracinha! O tênis é da C&A, e foi presente da tia Thais!

imageimage

 

O look de hoje foi usado para irmos ao oftalmologista. Ele não estava lindo? Consultamos nós três: mamãe, papai e Davi! Eu e o Vinicius pela miopia, que insiste em aumentar a cada consulta, e o Davi para um exame mais completo, além do teste do olhinho, feito ainda no hospital. E está tudo perfeito!

Ele se comportou super bem, apesar do incômodo do colírio e do exame, quase não chorou! Foi só pegarmos ele no colo que ficou calminho num instante! Esse foi também um dia especial, pois saímos com ele de carrinho na rua pela primeira vez! Antes, só havíamos ido à casa de parentes, e não havíamos usado o carrinho ainda. Me achei desfilando com meu pequeno na rua! haha Apesar de que com o bebê conforto acoplado e tudo fechado ninguém estava vendo ele..!

image

E aí, gostaram do look do dia? Espero que sim, para que eu possa fazer mais!

Beijo Beijo! Maria Elisa

Cuidados com o corpo: depilação na gravidez

Oi meninas!
O post de hoje é mais um da série cuidados com o corpo, e foi sugestão da Thais Santos. Vamos falar sobre depilação durante a gravidez.
image
Existem 3 métodos mais famosos de depilação: com o uso da cera (quente ou fria), com lâmina e com cremes depilatórios. E a grande dúvida é: algum desses métodos será prejudicial ao bebê?
A cera e a lâmina não são prejudiciais nem à mãe nem ao bebê. O único cuidado que deve ser tomado está relacionado à inflamações e irritações na pele caso algum dos métodos não seja realizado de maneira correta. Portanto, certifique-se de que o material usado seja descartável ou esterilizado e esteja sendo utilizado da maneira correta. Uma dica legal, é sempre passar hidratante após a depilação, principalmente nas pernas. Isso ajuda a evitar irritações na pele. Outra observação importante é que, no caso do uso da cera, se você está acostumada a usar algum anestésico, deve ser suspendido o uso.
Já o creme depilatório não é recomendado durante a gravidez. Isso, por se tratar de um produto químico forte, podendo conter até mesmo amônia, o que prejudica o bebê. É preferível não arriscar em usá-lo.
Vale mencionar também o uso de laser e a fotodepilação, que têm resultados mais prolongados. Ambos os métodos não devem ser utilizados no período gestacional.
No meu caso, durante e fora da gravidez, só faço o uso da lâmina. Tendo os devidos cuidados (higiene e descarte de lâminas gastas) nunca tive nenhum problema.
Thais, obrigada pela sugestão, espero ter esclarecido suas dúvidas! Se alguém mais quiser um post específico, deixem nos comentários que terei o maior prazer em atendê-las!
Beijo grande! Maria Elisa

Desejos

Oi meninas!

Quando se fala de gravidez, logo pensamos em enjoos, barrigão e os famosos desejos! Junto com as mudanças no paladar e olfato, muitas mamães sentem aquela vontade desesperadora de comer algo, não importa a hora, nem o quê!

desejos

Tem mulheres que sentem vontades bem bizarras, umas combinações nada apetitosas que parecem verdadeiros banquetes na visão das mamães. Já ouvi falar de chupar gelo e até comer tijolo! Mas não sei da veracidade desses fatos..! E muitos namorados e maridos têm que sair de madrugada para realizá-los! Só serve aquilo, e naquela hora! Às vezes nem é desejo, mas confessem, a gente aproveita da situação pra ganhar tudo, não é?!

A questão é: por que sentimos isso? Especialistas atribuem essas vontades à grande mudança hormonal que sofremos durante a gravidez. Mas a verdade é que ninguém sabe ao certo o que causa os desejos, como dito nesse link aqui.

No meu caso, não tive muitos. Desejos mesmo só tive 2: jantar beterraba (comi uma inteirinha com uma boca boa.. haha) e comer muito, mas muito chouriço! Quando passei no vestibular, saímos pra comemorar. Quando me perguntaram se eu queria, pizza, jantar.. não tive dúvidas: chouriço! Mas isso não é loucura de grávida não, tenho esse gosto inusitado mesmo! haha

E também tem aquela história do parceiro que “engravida junto” e sente também! Acho que o Vinicius tinha mais desejos que eu! Cada dia queria uma coisa.. Até parece, né? haha

Minha mãe conta que tinha muita vontade de comer mexidão e batata recheada quando estava grávida de mim. E vocês? Estão tendo muitos desejos? Quais são as vontades inusitadas que estão tendo?

Beijinhos, e até o próximo post! 🙂

Os primeiros sintomas

Oi meninas!

O post de hoje é sugestão da leitora Andreza, e trata-se dos primeiros sintomas da gravidez.
GPR_1196
No meu caso, o primeiro sintoma sentido foi a mama inchada e dolorida, assim como no período pré-menstrual. Tive esse sintoma bem no inicinho mesmo, coisa de 1 semana, 10 dias após a fecundação. O segundo sintoma, foram as cólicas da nidação. Eu tinha um pouco de cólica, e passava. Depois mais um pouquinho, e passava. Nada da menstruação vir.. Era, na verdade, o óvulo fecundado se fixando nas paredes do meu útero. Tive também variações de humor, e pensava estar irritada pela TPM. Lembro um dia que fui jantar com meu namorado (já estávamos preocupados com a possibilidade de gravidez) e eu estava super irritada.. Então ficamos felizes, comemorando minha “TPM” haha.
Depois disso, tive o sintoma óbvio, a ausência se menstruação, e coisas típicas, como os enjôos e muito sono.
Esses foram os primeiros sintomas sentidos por mim, mas existem muitos outros que podem ocorrer. São eles:
– Aumento dos seios e escurecimento dos mamilos
– Sangramentos irregulares
– Muita vontade de fazer xixi
– Alterações no apetite, paladar e olfato
– Dores de cabeça
Vale lembrar que você pode sentir alguns desses sintomas sem que esteja grávida. Muitos, inclusive, são os mesmos sentidos antes de menstruar.
Entretanto, caso já esteja desconfiada e sinta alguns ou vários deles, faça um teste de farmácia e tire suas dúvidas! Mas não tire conclusões precipitadas somente com esse resultado. Apesar de ser raro um falso positivo, fazer a confirmação com o Beta HCG é extremamente importante.
Espero que tenham gostado! Caso tenham sugestões assim como a Andreza, podem me mandar que ficarei feliz em atendê-las =)
Beijos! Maria Elisa

Cuidados com o corpo: controlando o inchaço

Olá meninas!

Esse é o segundo post da série “Cuidados com o corpo” e o tema de hoje é algo muito comum na gravidez, mas que incomoda muitas mulheres não grávidas também: o inchaço ou edema. No caso das futuras mamães, ele é mais recorrente no último trimestre, especialmente se estiver calor. Ele é causado pela retenção de líquido e pela circulação sanguínea dificultada no período gestacional e afeta principalmente os membros inferiores e as mãos – um grande incômodo para as mulheres, quando sapatos e anéis deixam de servir.

No meu caso, apesar de ter passado o fim da gravidez no alto verão, não tive problemas relacionados ao inchaço. Para isso, usei alguns artifícios que vou passar hoje pra vocês. Vale lembrar que cada caso é um caso, e isso resolveu pra mim. E é claro, consultem sempre seus médicos antes de tomar qualquer atitude, ok? Só eles sabem o que realmente será bom pra vocês. Mas vamos lá:

  • A primeira medida a ser tomada, é, sem dúvidas, a mais importante: beber muuuita água. Esse hábito é fundamental durante a gravidez. E no caso de edema, quanto mais água você bebe, menos você retém.
  • É também super importante a prática (moderada) de exercícios físicos. Eu fazia caminhadas leves (nada de correr, heim?) e pilates 1 vez por semana.
  • Drenagem linfática: é a melhor coisa que existe! Se você estiver muito inchada, o resultado é imediato! Comecei o fazer no último trimestre e permaneço até hoje 1 vez por semana… Sem previsão de parar! É excelente também para a redução de celulite.. Qual mulher não quer isso, né?!
  • Uso de meia elástica: eu sei que é horrível, um saco pra colocar e parece coisa de vó! Mas ajuda muito! Dá um conforto imenso.. Fiz uma viagem no sétimo mês de gestação na qual eu andava o dia inteirinho. Colocava a meia pela manhã e só parava às 11h da noite! Isso sem inchaço nem dor.. uma maravilha!
  • Ajuda na alimentação: no início da gravidez, fui à uma nutricionista para ter um cardápio que suprisse todas as minhas necessidades e do bebê e para que, me alimentando da maneira correta, eu não tivesse um ganho de peso maior que o necessário. Se vocês quiserem, deixem nos comentários que depois posso fazer um post com os alimentos e seus benefícios.. Mas falando de edema, ela me passou alguns sucos que podem ajudar. Sei que podem parecer nada apetitosos, mas tudo vale para ajudar, né? São eles:
  1. Suco anti-inchaço: 6 morangos (ou outra fruta preferida), 1 colher (de sobremesa) de salsinha picada, 1 colher de sopa de aipo, 150 ml de água.
  2. Suco para evitar retenção de líquidos e celulite: suco de 1 limão, 1 xícara de melancia, 3 folhas de hortelã, 100-150 ml de água.
  3. Suco diurético: 2 talos de espinafre, 2 talos de agrião, 1 cenoura, 200 ml de suco de abacaxi.

Bom, isso foi o que me ajudou.. Espero que seja útil pra vocês também! =)

Beijos, Maria Elisa

Visitando o pediatra

Oi mamães!

Hoje venho falar de algo muito importante: as visitas ao pediatra. Desde o nascimento até 1 ano de idade, elas devem ser feitas todo mês para acompanhar o crescimento, o ganho de peso, e, é claro, avaliar a saúde do bebê. Trata-se também de um momento muito importante para as mamães, no qual elas devem sanar suas dúvidas e receber as recomendações adequadas.

No caso do Davi, mesmo o pediatra sendo meu pai, nós fazemos também as visitas ao consultório. Ontem, fomos para a consulta de 2 meses e voltamos cheios de boas notícias. Só esse mês, ele ganhou 1,485kg e cresceu 5cm – o que é ótimo! Sinal de que o leitinho da mamãe está dando resultado, já que o Davi só mama no peito, nunca precisou complementar com fórmula. Vou falar um pouquinho de cada consulta dele com vocês:

  • Primeira consulta: foi feita com 15 dias e foi a maior festa, cheia de registros! Afinal, era a primeira vez do davi no consultório do vovô! Seu peso de alta do hospital tinha sido de 2,560kg. Nessa consulta, o Davi estava pesando 2,570, quase não ganhou peso, o que é normal nos primeiros dias. E ele cresceu 1cm: nasceu com 46cm e estava com 47cm nesse dia. Ele estava com um pouquinho de icterícia, amarelinho, e meu pai recomendou o banho de sol.     IMG_0008 image                                             image

 

  • Como ele só tinha ganhado 10g, meu pai quis pesá-lo novamente 1 semana depois. Mas dessa vez, não fomos ao consultório, a balança que veio aqui em casa! haha E ele estava com 2,815kg, o que significa que ele já tinha recuperado e ultrapassado seu peso de nascimento: 2,730.image

 

  • Segunda consulta: foi feita com 1 mês. Ele estava com 3,215kg e media 51cm. Já estava tão diferente de quando nasceu..image

 

  • A terceira foi feita ontem, com 2 meses. E nela que tivemos uma grande surpresa: os impressionantes 4,700kg – quase 1,500kg a mais que no último mês! Além disso, ele estava medindo 56cm, 10cm a mais que em seu nascimento.imageSó de comparar as fotos já dá pra ver uma super diferença, né? 🙂

Vale lembrar que com 2 meses, além da consulta, têm de ser feitas algumas vacinas – falarei sobre elas em um próximo post. Qualquer dúvida, como já havia mencionado, meu pai tem um site, o http://www.pediatraonline.com.br/jairpires, com um espaço para deixarem suas perguntas. Espero que tenham gostado!

Um beijo! Maria Elisa

2 meses Davi

Oi pessoal!

Ontem, dia 8 de Abril, meu pequeno fez 2 meses. Nem acredito! Como o tempo realmente voa.. São 2 meses que meus dias (e, principalmente, minhas noites!) não são mais os mesmos: são hoje preenchidos com um amor indescritível que nunca pensei que uma pessoinha fosse despertar. Um sentimento único que, com certeza, só as mães e pais são capazes de compreender. Um amor imenso que faz tudo fazer mais sentido. Não importam mais as – inúmeras – críticas sofridas, as fofocas, as dificuldades enfrentadas.. Apenas ele nos importa. Ter o prazer de vê-lo crescer a cada dia, observar cada detalhe, cada coisa nova e agradecer a Deus por tê-lo hoje em nossas vidas. Porque, por mais que eu não entendesse, Ele sabia que há 2 meses atrás, e não daqui a 10 anos, era sim o dia certo pro Davi chegar. Parabéns, meu filho! Eu te amo MUITO!

image

Como conciliar gravidez e estudos

Oi mamães!

Hoje, trago um vídeo com um assunto de grande interesse às jovens mamães: como conciliar os estudos e a gravidez. Nele, conto minha história para mostrar a vocês que um filho jamais atrapalha a sua vida, e, que mesmo em meio à turbulência, somos capazes de obter o sucesso.
Espero que gostem e que com esse vídeo eu possa motivá-las a seguir em frente em meio as dificuldades. Você é capaz!
Beijo, Maria Elisa

Menino ou menina?

Boa tarde, meninas! Como vocês estão?

Hoje vim contar a vocês como e quando descobri o sexo do meu bebê. É uma história bem engraçada! Espero que gostem!

Assim como toda mulher grávida, estava louca para saber quem estava a caminho: uma menininha ou um menininho. Pesquisei na internet e vi que o tempo gestacional adequado para ver o sexo do bebê é de, pelo menos, 16 semanas, mas que alguns médicos acertavam com menos tempo. Estava com meu ultrassom morfológico marcado (faria com 12 semanas) e li depoimentos de diversas mamães que descobriram o sexo já nesse exame e logo me empolguei. Para me encher ainda mais de expectativas, minha ginecologista disse que meu ultrassonografista era muito bom para acertar o sexo com poucas semanas.. Então é claro, eu iria perguntar!

Quando fazia o exame, meu namorado fez a pergunta. Depois de olhar bastante, ele disse: “Olha, não posso afirmar, mais digo que tem 80% de chances de ser uma menina!”. Ah, se ele falou que tem 80% é porque é! E pronto: espalhamos pra Deus e o mundo que a Maria estava a caminho! hahaha Minha mãe comprou até 2 roupinhas lindas, e como estávamos bem convictas, tiramos até a etiqueta. Ele não iria errar, né?!

Mesmo com o palpite feito, ele nos pediu que retornássemos com 16 semanas. E lá fomos nós para ver nossa menina. Chegando lá.. Pera aí! O que é isso?

IMG_0179[1]

Suspende o rosa! Quem tá aqui é o Davi! hahaha

Na época, foi muito engraçado! Passamos 1 mês achando que era menina.. Mas era um menino! Ligamos para nossos pais e ninguém acreditou. Só vendo! Como não havia preferências, ficamos igualmente felizes pelo Davi que estava a caminho! Só as roupinhas compradas pela minha mãe que continuam sem dona aqui em casa! haha

Portanto, meninas, não se apressem! Esperem as 16 semanas e não terão nenhum problema!

Beijinhos, Maria Elisa